PLAYER 01 WEB RADIO TROPICAL

PLAYER 01 - AUXILIAR DA WEB RADIO TROPICAL

PLAYER PARA ANDROIDE E SAMARTFONA

PLAYER PARA ANDROID E SMARTFONE PARA OUVIR CLICK NO PLAY

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Menino de 11 anos é apreendido com armas e drogas no ES

Polícia abordou menino no bairro Itararé, em Vitória.
Além dele, outros dois jovens foram detidos, suspeitos de tráfico de drogas.

 Uma criança de onze anos foi apreendida e dois jovens foram presos, suspeitos de tráfico de drogas, na noite desta terça-feira (29), no bairro Itararé, em Vitória. Além deles, a polícia encontrou munições, armas de fogo, celulares, drogas e dinheiro em espécie. A criança foi entregue ao conselho tutelar.
De acordo com os policiais, os dois outros jovens detidos eram maiores de idade, sendo que um deles já possuía passagem na polícia por porte de arma de fogo, em 2012, e tráfico de drogas, em 2013.

Homem cai em ribanceira ao tentar fugir de tentativa de assalto no ES



Vítima jogou o carro em ribanceira com cerca de 40 metros de altura.
Ele foi atingido por dois tiros durante tentativa de assalto, em Linhares.

Do G1 ES, com informações da TV Gazeta

 Um homem de 29 anos foi baleado na madrugada desta quarta-feira (30), durante uma tentativa de assalto, no bairro Três Barras, em Linhares, Norte do estado. Segundo a polícia, a vítima teria ido deixar um colega em casa, no Centro da cidade, por volta de 1h, e foi rendido por dois criminosos. Para tentar se livrar dos assaltantes, o rapaz jogou o carro em uma ribanceira, com cerca de 40 metros de altura. Antes da queda, ele foi atingido por dois tiros. Os criminosos conseguiram fugir. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima.
A vítima foi socorrida consciente e levada para o hospital, na mesma cidade. "Quando chegamos, ele estava deitado, com dois tiros no peito e muito ensanguentado. Apesar disso, ele estava consciente e clamava por socorro", contou o soldado Leandro Liz, do Corpo de Bombeiros.
"Ele disse que os criminosos tentaram levar o carro dele e falavam que logo em seguida iriam matá-lo", disse o soldado. Peritos estiveram no local do crime.
Perícia esteve no local do ocorrido, em Três Barras (Foto: Kaio Henrique/TV Gazeta)Perícia esteve no local do ocorrido, em Três Barras (Foto: Kaio Henrique/TV Gazeta)

Suspeitos de assaltar mercearia sofrem acidente durante fuga, no ES

Quatro homens teriam assaltado estabelecimento na Serra, nesta quarta.
Durante fuga, carro capotou e um suspeito conseguiu escapar.

Quatro suspeitos de assaltar uma mercearia no bairro Morada de Laranjeiras, na Serra, região da Grande Vitória, capotaram com um carro na Avenida Copacabana, também no município, enquanto fugiam da polícia, nesta quarta-feira (30). Três homens acabaram presos e foram levados para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) local. Já o quarto suspeito pulou o muro de uma empresa e conseguiu fugir. Um helicóptero da Polícia Militar foi acionado para tentar encontrar o suspeito, mas até a noite desta quarta, ele ainda não havia sido localizado.
Segundo a polícia, antes de capotar, o veículo conduzido pelos criminosos já tinha colidido com outro carro, o do metalúrgico Eudes Silva Reis, que ficou com o braço machucado. "Ele veio em alta velocidade. Eu fiquei sabendo que tinham assaltado um comércio e saíram em fuga e me pegaram de frente", contou.
Com os criminosos, a polícia encontrou uma arma e os produtos roubados na mercearia. De acordo com o cabo Mendes, da PM, a ação foi descoberta porque os oficiais faziam uma patrulha no bairro. "Estava em deslocamento para fazer um reabastecimento da viatura, quando me deparei com um cidadão gritando 'socorro, assalto'. Fizemos o acompanhamento do veículo e demos voz de prisão aos três elementos, e um acabou fugindo do local", disse.
*Com informações de Leandro Tedesco, da TV Gazeta.
Após assalto, suspeitos sofreram acidente (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)Após assalto, suspeitos sofreram acidente (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Concurso público: governo estadual vai abrir 2.010 vagas


Renato Wanderley
Foto: Genilson Pessanha
Para quem quer ingressar no serviço público e ter uma carreira estabilizada, é bom ficar atento: nos próximos meses, o governo do Estado do Rio vai abrir 2.010 vagas em cargos de níveis médio e superior, com salário de até R$ 13.186, mais vantagens. As oportunidades oferecidas serão para o Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Fundação Ceperj e as secretarias de Fazenda e de Educação.
A Fazenda terá dois concursos com 300 vagas. Serão 250 para agente fazendário, com exigência de nível médio, e cem para fiscal, que requer formação superior em qualquer área. Os editais serão divulgados até o fim do ano. Para agente, o inicial é de R$ 3.452,38. Para auditor fiscal, de R$ 13.186. O subsecretario de Receita, George Santoro, explica que após 25 anos haverá uma seleção pública para agente fazendário, além de vagas para auditores fiscais.
A secretaria de Educação abrirá uma seleção para professores I de todas as disciplinas, para todo o Estado. O edital deverá ser divulgado em agosto, enquanto as avaliações estão marcadas para setembro. A previsão é de 1.400 vagas. O concurso terá quatro etapas: prova objetiva, avaliação discursiva, análise de títulos e teste de desempenho didático (aula avaliada por uma banca). Os professores passarão, ainda, por um curso de formação. Os salários são de R$ 2.211 (30 horas) e R$ 1.178 (16 horas).
O Corpo de Bombeiros pretende abrir, no início do próximo ano, 150 vagas para a função de guarda-vidas. Para concorrer, será preciso ter nível médio completo. A remuneração é de R$ 2.759, e os servidores podem ficar em qualquer lugar do Estado.
A Fundação Ceperj, responsável pela aplicação das provas dos concursos do Estado, pretende fazer sua primeira seleção para admitir 60 servidores. Serão 30 vagas para técnico administrativo, que exige nível médio, e 30 para técnico superior. Os vencimentos serão de R$ 1.751,11, para o primeiro cargo, e de R$ 3.502,31, para o segundo. Os trabalhadores contarão também com a gratificação de qualificação.
Já a Polícia Civil está preparando um concurso com cem vagas de papiloscopista, para nível superior em qualquer área e carteira de habilitação. O edital está passando por análises e os vencimentos serão de R$ 3.357.
Miracema oferece 141 postos em 59 cargos
A Prefeitura de Miracema abriu inscrições para concurso público para preencher 141 vagas em 59 cargos, com exigência de níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior. Os salários vão de R$ 724 a R$ 1.845,03. As inscrições podem ser feitas pelo site da Cepuerj até 14 de agosto, com taxas de inscrição de R$ 30 (nível fundamental), R$ 50 (nível médio) e R$ 95 (nível superior).
Para a área de Educação são 32 vagas distribuídas pelos cargos de professor, cantineiro, secretário e servente. Já para a Caixa de Assistência, Previdência e Pensões dos Servidores Públicos Municipais (CAPPS) são seis vagas: auxiliar de administração (4 vagas), e médico auditor (1) e dentista auditor (1).
Um outro edital tem 38 vagas de nível fundamental, que são para os cargos de ajudante de obras e serviços, cozinheiro, agente comunitário de saúde, agente de controle de endemias.

Tartarugas mortas em Atafona


Aluysio Abreu Barbosa
Jhonattan Reis
Foto: Aluysio Abreu Barbosa
Duas tartarugas marinhas da espécie Caretta-caretta — conhecida também como “cabeçuda” — foram encontradas mortas em Atafona, São João da Barra, na semana passada. A espécie, ameaçada de extinção, tem o litoral Norte Fluminense como um dos pontos de desova. A primeira tartaruga, de aproximadamente 90 cm, apareceu morta no último dia 23. A segunda, com cerca de 60 cm, foi encontrada na mesma situação no último sábado. O tamanho médio dos animais adultos desta espécie é de 90 cm e peso médio de 150 kg, porém já foram registradas espécies de 2,70 m e com quase meia tonelada de peso.
Segundo a bióloga e executora do Projeto Tamar na Bacia de Campos, Daniella Torres, as principais causas de morte de tartarugas nas praias são a interação com redes de pesca e resíduos de lixo.
— Quando as tartarugas ficam presas nas redes de pesca, acabam morrendo. O Tamar tem sede no Farol de São Thomé e faz patrulhamento diário no litoral, para verificar se algum animal foi encontrado — explicou a bióloga, lembrando que o projeto não tinha conhecimento de animais encontrados na praia de Atafona, mas que iria apurar os casos.
Segundo ainda o Tamar, as tartarugas marinhas desta espécie se distribuem nos mares tropicais e subtropicais de todo o mundo e, também, em águas temperadas, variando de habitat ao longo da vida. Os filhotes de tartarugas Caretta-caretta vivem em alto-mar, passando a habitar áreas de alimentação situadas a profundidades entre 25 e 50 m quando adultas. A tartaruga Caretta-caretta é uma das cinco espécies marinhas que habitam a costa brasileira.
Segundo o projeto, as áreas prioritárias de desova da espécie no Brasil estão localizadas no norte da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Sergipe.
Espécie — As fêmeas podem desovar de duas a cinco vezes por estação, depositando uma média de 110 ovos em cada ocasião. A tartaruga cabeçuda é conhecida popularmente, devido à sua cabeça ser de proporções maiores que o corpo, podendo medir até 25 cm. A sua carapaça, quando adulta é em forma de coração e a cabeça larga, ampla e subtriangular, com dois pares de escamas pré-frontais e coloração marrom-avermelhada.
Os filhotes da Caretta-caretta são escuros de cor marrom dorsalmente. O tamanho de fêmeas adultas está entre 81,5cm e 120 cm, com um peso de 75 kg podendo chegar a até 200 kg. Os ovos são depositados quase sempre de noite, ao abrigo da maré alta, em ninhos escavados pela fêmea em solo arenoso.

Mudança: Batalhão da Polícia Militar de Macaé já tem novo comandante


Solenidade de troca de comando aconteceu na tarde desta quarta-feira
 Flávio Sardou - Secom Macaé

Solenidade de troca de comando aconteceu na tarde desta quarta-feira

O novo comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar de Macaé, o tenente coronel Jorge Fernando de Oliveira Pimenta, tomou posse no início da tarde desta quarta-feira (30/07), em substituição ao tenente coronel Ramiro Campos, que vai assumir o comando do 8º Batalhão, em Campos. A solenidade de troca de comando aconteceu na sede do 32º BPM e contou com a participação do secretário de Ordem Pública, Edmilson Jório.
A troca foi confirmada no último dia 25, pelo Comando Geral da Polícia Militar no estado, que atribuiu a mudança como parte da rotina da Corporação. De acordo com o secretário de Ordem Pública, a Prefeitura reforça a parceria com a Polícia Militar, por meio das ações de políticas públicas que contribuem para redução da violência no município.
“Medidas como módulos de Policiamento de Pacificação, sistema de videomonitoramento, serviços públicos essenciais, além da gestão integrada com as forças de segurança. Vamos continuar fazendo nossa parte para o desenvolvimento de Macaé”, destacou Edmilson Jório.
No início da semana, o tenente coronel Ramiro Campos divulgou o balanço dos quase três anos que permaneceu à frente da corporação. Ao todo, foram 514 armas e 6.188 munições apreendidas. Nesse período, foram retirados das ruas mais de 124 mil quilos de maconha, 8.177,18 quilos de crack e ainda mais de 75 mil quilos de cocaína. Foram presas 1.635 pessoas e 309 menores foram apreendidos. Ramiro comandou as pacificações nas comunidades das Malvinas e Nova Holanda.
Publicidade


Fonte: URURAU / ASCOM

Projeto piloto para implantação do Rede Cegonha discutida no HPC


Hospital foi um dos escolhidos porque é o único que atende 100% SUS
 Marcelo Esqueff

Hospital foi um dos escolhidos porque é o único que atende 100% SUS

Reduzir os números de mortalidade infantil e morbidade neonatal, além de implantar um novo modelo de atenção à saúde materna e infantil. Com esse objetivo representantes do Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde (SES/RJ) e dos municípios do interior se reuniram na tarde desta quarta-feira (30/07), no auditório do Hospital Plantadores de Cana (HPC), em Campos para discutir a implantação do projeto piloto da Rede Cegonha na unidade hospitalar, do município.
O projeto está sendo implantado em seis cidades do Estado, e Campos foi uma das escolhidas porque o HPC é o único que atende 100% SUS. No Brasil, 32 hospitais integram a rede e segundo a direção da unidade hospitalar, por mês nascem 250 crianças no hospital, onde 65% são de auto risco e 60% cesariana.
O coordenador do Projeto Cegonha no HPC, Fernando Azevedo, disse que o projeto já existe há algum tempo na unidade, e que a implantação está acontecendo de forma mais lenta devido a algumas mudanças nos paradigmas de assistência a mulher grávida, como por exemplo, outras formas de parto.
“Hoje é quase uma norma a presença do acompanhante tanto durante o parto, pré-parto e depois do pós-parto, isso ai melhora a qualidade de assistência. Então isso foi um avanço e é garantido em todos os partos dentro do Projeto Cegonha. E também outras formas de assistência ao parto além do convencional, tipo parto na água (dentro de piscina), ou em posições diferentes como cócoras”, pontuou.
Segundo o coordenador, essa implantação precisa, além de mudanças na mentalidade das pessoas, mudanças também na forma física/estrutural do hospital. “Hoje a maternidade dos Plantadores de Cana ainda é no modelo convencional. Já a nova que está sendo construída vai ser dentro dessa visão de assistência mais humanizada”. A obra deve começar daqui a três meses e algumas frentes de trabalho já se iniciaram como a estrutura de alvenaria.
ESTADO INSPECIONA
A coordenadora da Rede Cegonha do Estado, Amanda Almeida também compareceu ao encontro. Ela está na região para fazer um levantamento de leitos dos hospitais locais.
Só nos Plantadores há 46 leitos, 10 UTIs neonatais, 20 UCIs (Unidade de Cuidados Intermediários).
O PROJETO
O hospital já vem implantando algumas ações da Rede Cegonha, como partos naturais e partos com acompanhantes. Além disso, a unidade também já aumentou a equipe de profissionais que atualmente conta com três médicos diurnos e outros três noturnos; um pediatra e um anestesista, além dos médicos residentes e acadêmicos.
Referência na região, o HPC atende em torno de 20% de pacientes provenientes de outros municípios, como São João da Barra, São Francisco de Itabapoana, São Fidélis, entre outros.
O projeto, que é proveniente de recursos do Governo Federal, atende e acompanha crianças até os dois anos de idade.
Publicidade


Fonte: KELLY MARIA